Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
9

Junta militar diz que Governo de Unidade Nacional de Myanmar é grupo terrorista

Militares liderados pelo general golpista Min Aung Hlaing continuam a tentar controlar o país entre protestos diários.
Lusa 9 de Maio de 2021 às 10:10
Protestos em Myanmar
Protestos em Myanmar FOTO: Reuters
A junta militar de Myanmar (antiga Birmânia) declarou como grupos terroristas o Governo de Unidade Nacional e organizações criadas por representantes e ativistas pró-democracia que se opõem ao golpe de 1 de fevereiro, avança a agência de notícias local.

Segundo a "Myanmar Now", os militares também declararam o "Parlamento Democrático", denominado Comité de Representantes da Assembleia da União (CRPH), e a milícia anti-junta, Força de Defesa Popular, como organizações terroristas.

Militares liderados pelo general golpista Min Aung Hlaing continuam a tentar controlar o país entre protestos diários e um movimento de desobediência civil que é seguido por trabalhadores desde a área da saúde, a professores e operários fabris, refere a agência de notícias espanhola EFE.

Governo de Unidade Nacional de Myanmar Myanmar Birmânia política distúrbios guerras e conflitos terrorismo
Ver comentários