Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
4

Lançamento do foguete russo Soyuz de novo adiado para segunda-feira

Especialistas pretendem realizar mais testes antes do lançamento.
Lusa 21 de Março de 2021 às 00:07
foguete russo Soyuz
foguete russo Soyuz FOTO: Getty Images
O lançamento do foguete russo Soyuz, que deveria acontecer no domingo a partir do cosmódromo de Baikonur, no Cazaquistão, com 38 satélites estrangeiros a bordo, foi adiado para segunda-feira, anunciou a Agência Espacial Russa (Roskosmos).

O Soyuz devia ter sido lançado hoje, mas a agência espacial russa adiou o evento para domingo, devido a uma "sobretensão" detetada antes do lançamento, de forma a "não correr riscos".

Horas depois anunciava novo adiamento por 24 horas, devido a "um problema técnico".

O foguete deve colocar em órbita 38 satélites de 18 países, entre eles os da Coreia do Sul, Japão, Canadá, Arábia Saudita, Alemanha, Itália e Brasil, bem como o 'Challenge-1', o primeiro aparelho 100% fabricado na Tunísia e criado pelo grupo de telecomunicações Telnet.

De acordo com a agência, os especialistas pretendem realizar mais testes antes do lançamento, agora previsto para segunda-feira, às 06:07 de Lisboa.

Soyus Soyuz Cazaquistão Agência Espacial Russa Baikonur Roskosmos ciência e tecnologia programa espacial
Ver comentários