Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
4

Legislativas parciais na Argentina podem paralisar Governo

Legislativas parciais a meio do mandato do Presidente de centro-esquerda.
Lusa 13 de Novembro de 2021 às 07:19
Argentina
Argentina FOTO: Pedro Simões
A Argentina vota no domingo em legislativas parciais, a meio do mandato do Presidente de centro-esquerda, Alberto Fernández, que poderão fragilizar o Governo ou causar paralisia política no país, a debater-se com inflação, endividamento e pobreza pós-Covid-19.

Mais de 34 milhões de cidadãos argentinos maiores de 16 anos são chamados a renovar metade da Câmara de Deputados e um terço do Senado nestas eleições intercalares que, na prática, servirão de plebiscito à gestão do Governo peronista, marcada pela pandemia de covid-19, a crise económica e as lutas de poder internas.

No total, deverão eleger 127 deputados - de 257 que compõem a câmara baixa do parlamento - para um mandato de quatro anos, ao passo que em oito províncias votarão também para eleger 24 senadores - dos 72 que integram a câmara alta - para os próximos seis anos.

argentina eleições legislativas
Ver comentários