Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
6

Leve a vacina contra a Covid-19 e receba canábis grátis: Iniciativa insólita pronta a arrancar nos EUA

Organização cria projeto "Charros por ‘Picas’" para promover vacinação e desmistificar ideias erradas sobre os fármacos.
Correio da Manhã 15 de Janeiro de 2021 às 18:19
A DC Marijuana Justice tem lutado pela legalização da canábis nos EUA
A DC Marijuana Justice tem lutado pela legalização da canábis nos EUA FOTO: Getty Images

Uma organização de ativistas pela legalização da marijuana que atua em Washington DC, nos EUA, está a dar que falar em todo o mundo após criar uma iniciativa insólita para promover a vacina contra a Covid-19. A DC Marijuana Justice (DCMJ) propõe que, para ‘convencer’ os mais desconfiados com a vacina contra o novo coronavírus, seja oferecido um saco de canábis a cada pessoa que se for vacinar nas clínicas da capital norte-americana.

O projeto, chamado "Charros por ‘Picas’" está pronto a arrancar, assim que as clínicas de vacinação contra a Covid-19 comecem a funcionar nos Estados Unidos. Resta saber se as autoridades de Saúde o vão autorizar e, claro, se as clínicas vão aderir à iniciativa.

"Se se acredita nos factos científicos que suportam a canábis com fins medicinais, deve-se também acreditar na ciência que comprova a eficácia da vacina", defende Adam Eidinger, um dos fundadores da organização.

"Estamos também à procura de formas de celebrar o fim da pandemia e sabemos que nada junta tanto as pessoas como a canábis. Quando houver pessoas suficientes vacinadas, será tempo de celebrar, não só o fim da pandemia, como também o fim da proibição da produção de canábis em todos os Estados Unidos", adianta Nikolas Schiller, outro dos fundadores do movimento, à Forbes.

A DCMJ tinha também planeada uma oferta de cigarros de marijuana para a tomada de posse de Joe Biden, mas a ideia ficou posta de parte, para já. "Há quatro anos distribuímos mais de 10 mil charros, mas usámos a nossa saliva para os enrolar. Hoje isso seria um grande problema", explica a organização, que entretanto pretende adaptar a iniciativa e distribuir saquinhos com canábis quando Joe Biden se tornar o novo presidente dos EUA, a 20 de janeiro.

Mais informação sobre a pandemia no site dedicado ao coronavírus - Mapa da situação em Portugal e no Mundo. - Saiba como colocar e retirar máscara e luvas - Aprenda a fazer a sua máscara em casa - Cuidados a ter quando recebe uma encomenda em casa. - Dúvidas sobre coronavírus respondidas por um médico Em caso de ter sintomas, ligue 808 24 24 24
Covid-19 Estados Unidos Marijuana Justice EUA DCMJ Washington DC Joe Biden saúde questões sociais dependência