Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
8

Libertados últimos 23 passageiros do comboio sequestrado em março na Nigéria

Ataque aconteceu em 28 de março e teve como alvo um comboio que ligava a capital, Abuja, e a cidade de Kaduna com cerca de 360 passageiros.
Lusa 5 de Outubro de 2022 às 18:52
Bandeira da Nigéria
Bandeira da Nigéria FOTO: Getty Images
Os últimos 23 passageiros retidos pelos sequestradores que, em março, atacaram um comboio na região de Kaduna, na Nigéria, foram libertados, anunciaram as autoridades nigerianas em comunicado, esta quarta-feira.

As autoridades "garantiram a libertação e cuidados dos últimos 23 passageiros mantidos como reféns pelos terroristas do Boko Haram, após o ataque ao comboio Abuja-Kaduna", afirmou o responsável pelo Comité e Ação do Estado Maior da Defesa, Usman Yusuf, citado no comunicado.

O ataque aconteceu em 28 de março e teve como alvo um comboio que ligava a capital, Abuja, e a cidade de Kaduna (capital do estado homónimo) com cerca de 360 passageiros.

Inicialmente, a estatal Nigerian Railways Corporation (NCR) confirmou que o paradeiro de 168 passageiros era desconhecido e que outros oito tinham sido mortos no ataque.

Nos meses que se seguiram ao sequestro foram realizadas negociações que foram permitindo a libertação de alguns reféns.

Os estados do centro e noroeste da Nigéria sofrem ataques incessantes de "bandidos", termo usado no país para referir os bandos de crime organizado que cometem esse tipo de assaltos, e sequestros em larga escala para resgates lucrativos.

A violência continua apesar das repetidas promessas do Presidente nigeriano, Muhammadu Buhari, de acabar com o problema e do envio de forças de segurança adicionais para a área.

Ver comentários