Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
7

Líder de Hong Kong diz que eleições serão "abertas e justas" ao abrigo da lei de Pequim

Carrie Lam reiterou ainda que a cidade voltou "à normalidade" graças à lei de Segurança Nacional, imposta por Pequim.
Lusa 6 de Outubro de 2021 às 07:57
Carrie Lam
Carrie Lam FOTO: Reuters
A líder de Hong Kong afirmou esta quarta-feira que as próximas eleições serão "abertas e justas, de acordo com as emendas à lei eleitoral" de Pequim, consideradas por setores pró-democracia como um entrave à oposição.

As eleições para o Conselho Legislativo da região administrativa especial chinesa estão agendadas para 19 de dezembro, enquanto as do chefe do Executivo do território estão agendadas para 27 de março de 2022.

"Hong Kong vai realizar as próximas duas eleições de forma aberta e justa, de acordo com as emendas à lei eleitoral", disse Carrie Lam, num longo discurso no Conselho Legislativo, durante o qual reiterou que a cidade voltou "à normalidade" graças à lei de Segurança Nacional, que Pequim impôs ao território no ano passado.

Hong Kong Pequim Conselho Legislativo política governo (sistema) parlamento executivo (governo)
Ver comentários