Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
7

Loja de brinquedos criticada por vender disfarce de polícia nazi para o Halloween

Dono da loja recusa tirar o disfarce da venda ao público.
Correio da Manhã 27 de Outubro de 2021 às 16:53
Loja de brinquedos
Loja de brinquedos FOTO: Google Maps
O dono de uma loja de brinquedos para crianças em Inglaterra foi criticado por vender um disfarce de Halloween de um polícia da Gestapo, a polícia secreta nazi que perseguiu e silenciou todos os que eram considerados uma ameaça à Alemanha de Hitler.

O disfarce foi visto à venda por 52,99 libras (cerca de 62 euros) na loja Kids Korner em Herne Bay, na cidade de Kent, em Inglaterra, avançou o The Sun.

Um membro da comunidade judaica local em Kent caraterizou o disfarce como "impróprio e potencialmente prejudicial" e que não deve ser visto como algo "divertido". 

"Ver um uniforme da Gestapo em público seria certamente uma ofensa, mas também irritaria muitas pessoas, sejam judeus ou não", acrescentou.

Apesar das críticas generalizadas, o dono da loja, Melvin Smedley, insistiu que não é "racista ou sexista" e recusou tirar o disfarce da venda ao público.

"Como é que se traça os limites já que alguém ficará sempre ofendido?", questionou-se Smedley. "É claro que isto incomodou uma parte específica da comunidade, mas eu sou uma pessoa muito acessível e estou disposto a conversar com qualquer pessoa diretamente e ouvir o seu ponto de vista", admitiu.

Loja Halloween Inglaterra Gestapo Alemanha Hitler Melvin Smedley ofensa discriminação judeus disfarce
Ver comentários