Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
3

Macau e Hong Kong detêm 22 suspeitos de branqueamento de capitais

Grupo operava desde outubro de 2020, tendo instruído vários membros a abrirem 181 contas bancárias em Hong Kong.
Lusa 26 de Maio de 2022 às 07:21
Dinheiro
Dinheiro FOTO: Getty Images
As polícias de Macau e de Hong Kong detiveram 22 suspeitos de branqueamento de capitais transfronteiriço no valor de 1,1 mil milhões de patacas (127 milhões de euros).

O grupo operava desde outubro de 2020, tendo instruído vários membros a abrirem 181 contas bancárias em Hong Kong, para receber e processar pagamentos eletrónicos e depósitos de elevadas somas de origem desconhecida, local e de vários países, de acordo com um comunicado da Polícia Judiciária (PJ) de Macau, divulgado na quarta-feira.

Desde julho passado que o grupo enviou vários membros para Macau, onde levantaram dinheiro de caixas multibanco com cartões de Hong Kong e procederam à compra de moeda virtual, através de uma loja de telecomunicações.

Hong Kong Macau branqueamento de capitais crime
Ver comentários
}