Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
3

Mãe de 27 anos mata os 5 filhos menores

Crianças foram encontradas mortas dentro do apartamento da progenitora. Mulher atirou-se para debaixo de um comboio mas sobreviveu.
Rodrigo Amaral 4 de Setembro de 2020 às 08:20
Crianças foram encontradas mortas dentro do apartamento da progenitora. Mulher atirou-se para debaixo de um comboio mas sobreviveu.
Crianças foram encontradas mortas dentro do apartamento da progenitora. Mulher atirou-se para debaixo de um comboio mas sobreviveu. FOTO: sascha Steinbach/epa
Uma jovem de 27 anos matou esta quinta-feira os cinco filhos menores, com idades compreendidas entre um e oito anos, nos arredores de Dusseldorf, na Alemanha. A mulher tentou depois suicidar-se atirando-se para debaixo de um comboio, mas sobreviveu e está em estado grave, desconhecendo-se ainda os motivos por detrás da tragédia.

Foi a avó das crianças a alertar as autoridades, afirmando que a filha lhe tinha telefonado a dizer que tinha matado os filhos e tencionava suicidar-se. Os corpos da crianças, de 1, 2, 3, 6 e 8 anos, foram encontrados pouco depois na casa da família, na localidade de Solingen. A polícia não revelou quais as causas da morte dos menores.

A mãe das crianças, cuja identidade não foi revelada, atirou-se para debaixo de um comboio na cidade de Dusseldorf, a cerca de 35 quilómetros da casa onde ocorreram os crimes, mas sobreviveu. Foi internada em estado grave e sob vigilância policial. “Até ao momento, estamos a assumir que foi a mãe a responsável. Não podemos dizer nada acerca do motivo. Não sabemos como morreram”, afirmou Stefan Weiand, inspetor-chefe e porta-voz da polícia de Wuppertal.

A mulher tinha ainda mais um filho, de 11 anos, que sobreviveu porque estava na casa da avó em Monchengladbach.

O presidente da Câmara de Solingen, Tim Kurzbach, já manifestou o seu pesar pelo sucedido. “Estou chocado e profundamente afetado por estas notícias”, afirmou.
Dusseldorf Alemanha questões sociais crime lei e justiça crime
Ver comentários