Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
1

Mãe escondeu bebé durante 5 meses em armário na esperança que morresse à fome

Criança só está viva graças ao irmão de 13 anos, que às escondidas da mãe lhe dava restos de comida e água.
Correio da Manhã 9 de Outubro de 2020 às 15:45
Recém-nascido
Recém-nascido FOTO: Direitos Reservados

Uma bebé com pouco mais de 5 meses foi encontrada em estado crítico dentro do guarda-roupa da mãe, que a quis esconder e manter em segredo. A criança, chamada Katya, só está viva graças ao irmão de 13 anos, que às escondidas da mãe lhe dava restos de comida e água.

A bebé terá sido encontrada dentro de um saco de desporto que estava no guarda-roupa da mãe, depois de uma amiga ter ouvido o seu choro durante a festa do 13.º aniversário do irmão.

De acordo com o portal russo Krasnoturyinsk Live, a bebé nasceu em abril e foi fechada pela mãe no armário, que esperava que a criança morresse de fome.

Depois de descoberta, a criança, natural de Karpinsk, na Rússia, foi transportada de helicóptero para o hospital de Ecaterimburgo, onde permanece até ao momento, nos cuidados intensivos.

A mãe já foi detida e o Comité de Investigação Russo já abriu um inquérito. Yulia, de 37 anos, pode ser acusada de tortura e enfrentar uma pena de prisão de até sete anos.

"É difícil acreditar nesta história horrível, mas por muito que nos custe admitir, é real", disse Valery Gorelyhk, porta-voz da polícia regional de Sverdlovsk.

Bebé Rússia
Ver comentários