Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
2

Mãe mata filha recém-nascida e esconde corpo na banheira para marido não descobrir

Menina foi estrangulada até à morte atirada ao lixo dois dias depois.
Correio da Manhã 7 de Maio de 2021 às 19:21
Oleksandra tem mais cinco filhos
Oleksandra tem mais cinco filhos FOTO: Direitos Reservados

Uma mulher foi detida em Mykolaiv, na Ucrânia, suspeita de ter estrangulado a própria filhe, uma bebé recém-nascida, até à morte. Oleksandra, de 28 anos, tem mais cinco filhos e, segundo as autoridades, após o crime escondeu o corpo da criança, para que o marido não descobrisse, e para ganhar tempo para mais tarde o poder deitar fora no lixo.

Logo após dar à luz na banheira, a mulher terra sufocado a menina bebé e deixou o cadáver dois dias na banheira, coberto por roupa suja, antes de o deitar para o lixo. Foram vizinhos que, estranhando o facto de a mulher ter aparecido sem a barriga de grávida e sem bebé, que denunciaram o caso à polícia.

O marido da Oleksandra garante que não sabia que a mulher estava grávida e que achava que "apenas tinha engordado um pouco". Uma testemunha terá relatado à polícia que a mulher "não queria ter mais filhos e quando descobriu a gravidez planeou escondê-la com o intuito de se livrar do bebé".

Os outros filhos do casal foram entregues aos serviços sociais. A mulher enfrenta uma pena de até 25 anos de prisão.

Mykolaiv Ucrânia Oleksandra crime lei e justiça questões sociais polícia
Ver comentários