Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
7

Mais de 100 mil pessoas morrem semanalmente com Covid-19 no mundo, avança OMS

Segundo Tedros Ghebreyesus, as vacinas, apesar de serem "uma ferramenta vital", não são a única arma contra a Covid-19 e continuam a ser escassas.
Lusa 7 de Maio de 2021 às 20:07
Tedros Ghebreyesus, da OMS
Tedros Ghebreyesus, da OMS FOTO: Direitos Reservados
A Organização Mundial da Saúde (OMS) avisou esta sexta-feira que mais de 100 mil pessoas morrem semanalmente de covid-19 no mundo, alertando para uma "crise crónica de vacinas" no dia em que aprovou o uso de uma sexta vacina.

O aviso foi deixado pelo diretor-geral da OMS, Tedros Adhanom Ghebreyesus, na habitual videoconferência de imprensa sobre a pandemia da covid-19, transmitida da sede da organização, em Genebra, na Suíça.

Segundo Tedros Adhanom Ghebreyesus, as vacinas, apesar de serem "uma ferramenta vital", não são a única arma contra a covid-19 e continuam a ser escassas.

Mais informação sobre a pandemia no site dedicado ao coronavírus - Mapa da situação em Portugal e no Mundo. - Saiba como colocar e retirar máscara e luvas - Aprenda a fazer a sua máscara em casa - Cuidados a ter quando recebe uma encomenda em casa. - Dúvidas sobre coronavírus respondidas por um médico Em caso de ter sintomas, ligue 808 24 24 24
Covid-19 OMS Organização Mundial da Saúde saúde Tedros Adhanom Ghebreyesus questões sociais morte
Ver comentários