Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
9

Mais de 48.000 pessoas desaparecidas em África devido a conflitos e violência

"Crise humanitária disparou em África", adiantou o diretor regional para África do ICRC.
Lusa 30 de Agosto de 2021 às 17:10
Violência em África
Violência em África FOTO: Getty Images
O Comité Internacional da Cruz Vermelha (ICRC, na sigla em inglês) registou mais de 48.000 casos de pessoas desaparecidas no continente africano devido a conflitos armados, violência e em contexto migratório, revela um estudo esta segunda-feira divulgado na África do Sul.

"A crise humanitária disparou em África", adiantou o diretor regional para África do ICRC, Patrick Youssef, na apresentação por videoconferência do relatório elaborado com o Instituto de Estudos de Segurança (ISS, na sigla em inglês), na capital sul-africana Pretória.

Nesse sentido, o responsável destacou os casos de Moçambique, Camarões e República Centro-Africana, apelando aos decisores nacionais no continente para que exerçam "a sua responsabilidade nesta preocupação humanitária".

África do Sul Comité Internacional da Cruz Vermelha ICRC política diplomacia
Ver comentários