Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
8

Mike Tyson não vai enfrentar acusações criminais por agressão a passageiro de avião

Testemunhas dizem que 'Iron Mike' irritou-se com um indivíduo embriagado que não parava de o provocar.
10 de Maio de 2022 às 18:58
Mike Tyson
Mike Tyson FOTO: Getty Images

Mike Tyson não irá enfrentar acusações criminais depois de o antigo campeão do Mundo de boxe ter sido filmado a agredir repetidamente ao murro um passageiro a bordo de um avião, acabando por deixar o homem com o rosto ensanguentado. 

Tudo aconteceu a bordo de um voo que ligou San Francisco à Florida. Mike Tyson acabou por desembarcar instantes depois do incidente. 

Segundo o site norte-americano TMZ, que cita uma testemunha, o indivíduo estava sentado atrás do antigo pugilista e mostrava-se excessivamente entusiasmado, falando continuamente ao ouvido de Tyson, que a dada altura lhe disse para se acalmar.

Os representantes de Tyson afirmaram que o indivíduo em causa "estava alcoolizado" no avião e apresentava "um comportamento agressivo", tendo "provocado e atirado uma garrafa de água" a Mike Tyson. 

"Infelizmente, Tyson teve um incidente num voo com um passageiro agressivo que começou a provocá-lo e atirou uma garrafa de água enquanto o ex-atleta estava sentado", disseram.

Num comunicado enviado à Sky News esta terça-feira, o promotor distrital do condado de San Mateo, Stephen Wagstaffe, comentou: "analisámos os relatórios do Departamento de Polícia de São Francisco e do Gabinete do Xerife do Condado de San Mateo e vimos os vários vídeos recolhidos pela polícia".

"A nossa decisão é que não faremos nenhuma acusação contra Tyson. Isso inclui a conduta da vítima que levou ao incidente, a interação entre o senhor Tyson e a vítima, bem como os pedidos da vítima e do senhor Tyson para que nenhuma acusação seja feita neste caso", conclui.

Mundo Mike Tyson Condado de San Mateo desporto boxe economia negócios e finanças transportes aviação
Ver comentários