Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
2

Moçambique entra para a lista vermelha de França devido à Covid-19

Também a Tunísia, Cuba e Indonésia entram nesta lista.
Lusa 17 de Julho de 2021 às 12:17
Moçambique foi incluído na lista vermelha de zonas de risco Covid-19 de França e todas a viagens de e para este país terão de ser justificadas por motivo imperioso, com teste obrigatório e quarentena para os viajantes não vacinados.

Também a Tunísia, Cuba e Indonésia entram nesta lista, que obriga à apresentação de testes à Covid-19 na partida e no regresso e a uma quarentena de 10 dias para as pessoas não vacinadas.

O desrespeito da quarentena pode levar a uma multa de 2.000 euros.

Estes países integram agora a lista dos países vermelhos, ou de maior risco em relação à pandemia de Covid-19, porque, segundo o Governo, são "zonas de circulação ativa do vírus" onde há "presença de variantes preocupantes".

Estas medidas adicionais formalizadas este sábado pelo Governo francês entram em vigor a partir de domingo, 18 de julho.

Os países que constam atualmente na lista vermelha de França são: Afeganistão, África do Sul, Argentina, Bangladesh, Bolívia, Brasil, Chile, Colômbia, Costa Rica, Cuba, Índia, Indonésia, Maldivas, Moçambique, Namíbia, Nepal, Omã, Paquistão, Paraguai, República Democrática do Congo, Rússia, Seicheles, Sri Lanka, Suriname, Tunísia e Zâmbia.

Mais informação sobre a pandemia no site dedicado ao coronavírus - Mapa da situação em Portugal e no Mundo. - Saiba como colocar e retirar máscara e luvas - Aprenda a fazer a sua máscara em casa - Cuidados a ter quando recebe uma encomenda em casa. - Dúvidas sobre coronavírus respondidas por um médico Em caso de ter sintomas, ligue 808 24 24 24
Moçambique Cuba França Covid-19 Tunísia Paris Indonésia Governo política
Ver comentários