Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
3

"Morreu em agonia": Piloto asfixia mulher de 20 anos enquanto vítima dormia depois desta ameaçar deixá-lo

Babis Anagnostopoulos encenou um crime brutal fazendo a Grécia acreditar que a mulher havia sido vítima de um assalto.
Correio da Manhã 19 de Junho de 2021 às 20:45
Caroline Crouch
Babis Anagnostopoulos
Caroline Crouch
Babis Anagnostopoulos
Caroline Crouch
Babis Anagnostopoulos
O homicida confesso Babis Anagnostopoulos, de 33 anos, asfixiou Caroline Crouch, de 20 anos, durante cerca de 5 a 6 minutos enquanto esta dormia. O marido, piloto de profissão, matou-a após esta ameaçar que o iria deixar juntamente com a filha de ambos. 

De acordo com a autópsia, Caroline "morreu em agonia" e estava coberta de nódoas negras em diferentes áreas do corpo que terão resultado da sua luta pela vida. "Sofreu uma morte agonizante, não instantânea", revela relatório. 

Babis Anagnostopoulos encenou um crime brutal. Durante semanas, deu entrevistas e participou em sentidas homenagens à mulher, até que foi preso esta semana. A análise de uma pulseira eletrónica da vítima e do seu próprio telemóvel ajudaram a polícia a deslindar o que ele acreditava ter sido um crime perfeito.

Anagnostopoulos começou por dizer à polícia que três homens tinham invadido a residência do casal, nos arredores de Atenas. Contou que o amarraram à cabeceira da cama juntamente com a mulher, Caroline, e apontaram uma pistola à cabeça de filha de 11 meses para os forçarem a dizer onde tinham o dinheiro. A mulher gritou e foi sufocada pelos ladrões, disse.

No entanto, os dispositivos tecnológicos do casal contaram uma história diferente: a pulseira de fitness de Caroline mostrou que o coração dela deixou de bater muitas horas antes do assalto e o telemóvel dele registou que ele deu centenas de passos no período em que disse estar amarrado. Confrontado com as provas, acabou por confessar tudo.

O homicida chegou ao tribunal esta sexta-feira, com um colete à prova de balas, e foi acusado de homicídio doloso e abuso de animais, bem como falsas acusações.
Ver comentários