Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
4

Mulher detida por roubar obras-primas da própria mãe avaliadas em 140 milhões de euros

No total foram roubados 16 quadros.
Lusa 10 de Agosto de 2022 às 22:54
Polícia Federal brasileira
Polícia Federal brasileira FOTO: Getty Images
A polícia brasileira anunciou esta quarta-feira a detenção de uma mulher acusada de extorquir e roubar a sua própria mãe com a ajuda de falsos videntes, roubando obras-primas e outros objetos avaliados em 140 milhões de euros.

Um total de 16 quadros foram roubados, incluindo "O Sono" e "Sol Poente", duas obras de Tarsila do Amaral, uma das grandes figuras do modernismo brasileiro, ambas avaliadas em dezenas de milhões de euros, de acordo com a imprensa local.

A vítima de 82 anos tinha herdado a fortuna e as obras de arte do seu marido, Jean Boghici, um famoso colecionador que morreu há sete anos.

economia negócios e finanças serviços financeiros crime lei e justiça leilões crime económico quadros
Ver comentários