Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
8

"Não era uma pessoa violenta": Mãe de jovem atirador do Texas quebra silêncio sobre massacre

Adriana Reyes mostrou-se surpreendida com ataque do filho. Salvador Ramos barricou-se numa sala de aula e atirou a matar.
Marta Quaresma Ferreira(martaferreira@cmjornal.pt) 26 de Maio de 2022 às 10:27
A carregar o vídeo ...
Tiroteio em escola primária do Texas mata várias crianças

A mãe de Salvador Ramos, o jovem de 18 anos responsável pelo massacre levado a cabo na Robb Elementary School, uma escola primária do Texas, nos EUA, quebrou o silêncio e mostrou-se descrente de que o filho poderia um ataque de tamanha violência como aquele registado esta terça-feira.

Adriana Reyes mostrou-se surpreendida, entrou em negação e defendeu o filho: "Não era uma pessoa violenta". A mãe negou qualquer mau relacionamento com o filho, com quem esteve pela última vez na passada segunda-feira, no dia do aniversário de Salvador.

"Estou a orar por todas estas crianças inocentes", revelou a mãe em declarações ao jornal Daily Mail.

Salvador começou por atingir a avó a tiro. Conduziu depois até ao estabelecimento de ensino onde se barricou numa sala de aula do 4º ano e atirou a matar. Vestiu um colete à prova de balas e recorreu a uma pistola e uma espingarda semiautomática para o tiroteio. 19 crianças e duas professoras acabaram por morrer. O adolescente acabou por morrer durante uma troca de tiros com a polícia, no ponto final de uma vida marcada por várias mágoas.

De acordo com a polícia, Salvador comprou duas armas de assalto estilo AR-15 para o aniversário. 

Avô também desconhecia faceta violenta
Rolando Reyes, avô do atirador, garantiu que não sabia que o neto tinha armas. "Se eu soubesse, teria denunciado", admitiu à ABC News.

Foi ele quem contou à filha que Salvador tinha baleado a avó, mas Adriana não quis acreditar.

O jovem que matou 21 pessoas, entre elas 19 crianças e dois adultos, numa escola primária, no Texas, escreveu no Facebook o que iria fazer 30 minutos antes do ataque. 

"Dei um tiro à minha avó"
Salvador Ramos de 18 anos, disse na rede social que iria disparar contra a avó, sendo que depois de o fazer, escreveu noutra publicação: "Dei um tiro à minha avó". A mulher ficou em estado grave e foi hospitalizada. 

Cerca de 15 minutos antes do tiroteio, o jovem publicou um outra frase no Facebook onde dizia: "Vou disparar contra uma escola primária", segundo o governador de Texas. 

Ver comentários
}