Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
7

“Não precisamos de mais promessas vazias”: Greta Thunberg participa em protesto na cimeira do clima em Glasgow

Ativista sueca discursou durante uma marcha de jovens pela cidade escocesa contra a inoperância dos líderes mundiais.
Francisco J. Gonçalves 6 de Novembro de 2021 às 09:49
Greta Thunberg dirigiu-se aos manifestantes que desfilaram por Glasgow, onde hoje deverá ter lugar um novo protesto
Greta Thunberg dirigiu-se aos manifestantes que desfilaram por Glasgow, onde hoje deverá ter lugar um novo protesto FOTO: RUSSELL CHEYNE/Reuters
Milhares de jovens desfilaram esta sexta-feira pelas ruas de Glasgow, Escócia, para exigir aos líderes mundiais reunidos na cimeira do clima COP26 medidas eficazes contra o aquecimento global que lhes garantam o futuro num Mundo habitável. A grande estrela do desfile foi a ativista sueca Greta Thunberg, que condenou o palavreado oco dos políticos.

“Não precisamos de mais promessas vazias e é só isso que nos têm dado”, afirmou Greta, ante os aplausos e vivas de centenas de jovens.

Outra ativista inspirada por Greta, a ugandesa Vanessa Nakate, de 24 anos, discursou também para os milhares de manifestantes. “Vivemos uma crise e um desastre que se repete todos os dias”, afirmou, instando os jovens ali reunidos a continuarem “a pedir responsabilidades aos líderes”.

Na marcha de protesto, os cartazes denunciavam igualmente a inoperância dos políticos. “Vocês não se importam, mas eu sim!”, lia-se num deles. “Este é o problema mais devastador do Mundo. São as nossas vidas e o nosso futuro que estão em causa”, afirmou Hannah McInnes, de 16 anos.

O COP26 visa conseguir compromissos no combate aos gases com efeito de estufa, e na quinta-feira mais 23 países prometeram tentar eliminar o uso de carvão progressivamente, mas num prazo de 30 anos. Contudo, nesse grupo não se inclui a China, o maior poluidor mundial, que tem nas centrais a carvão a principal fonte de produção elétrica do país.
Ver comentários