Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
5

OMS pede para países "manterem fronteiras abertas" enquanto se combate nova variante Omicron

Organização Mundial de Saúde quer, ainda assim, aumentar o número de testes PCR para detetar o vírus.
Correio da Manhã 28 de Novembro de 2021 às 18:58
OMS
OMS FOTO: Reuters

A Organização Mundial de Saúde (OMS) pediu este domingo aos países para "manterem fronteiras abertas" durante o combate da variante Omicron da Covid-19. 

Com um número crescente de países a impor proibições de viagens para a África Austral, a OMS recomenda que os países adotem medidas para limitar a disseminação da Omicron mas considera que limitar voos é "demasiado". 

"Com a variante Omicron agora detetada em várias regiões do mundo, colocar em prática proibições de viagens que visam a África ataca a solidariedade global", pode ler-se em comunicado da Organização Mundial de Saúde de África. 

Para a OMS, é assim importante adotar medidas como aumentar o número de testes PCR para detetar o vírus em, pelo menos, o dobro de amostrar por semana. Assim, a Organização acredita que sinais de potenciais infeções de Omicron podem ser detetados mais rapidamente e com um maior efeito. 

Recorde-se que, a variante Omicron da Covid-19 já foi detetada em diversos países, que rapidamente suspenderam os voos de e para a África Austral. 

Mais informação sobre a pandemia no site dedicado ao coronavírus - Mapa da situação em Portugal e no Mundo. - Saiba como colocar e retirar máscara e luvas - Aprenda a fazer a sua máscara em casa - Cuidados a ter quando recebe uma encomenda em casa. - Dúvidas sobre coronavírus respondidas por um médico Em caso de ter sintomas, ligue 808 24 24 24
Ver comentários