Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
4

Organizador de voo onde morreu jogador Emiliano Sala considerado culpado

Atleta perdeu a vida, juntamente com o piloto da aeronave, num acidente de avião em janeiro de 2019.
Correio da Manhã 28 de Outubro de 2021 às 12:45
Emiliano Sala
Emiliano Sala FOTO: CMTV

O organizador do voo onde morreu o jogador Emiliano Sala foi esta quinta-feira considerado culpado da morte do atleta.

O tribunal de Cardiff, no País de Gales, considerou Henderson culpado da maioria das acusações, depois do próprio piloto, de 66 anos, ter assumido que organizou a viagem entre França e o Reino Unido sem as devidas autorizações necessárias, além de ter ignorado as más condições meteorológicas.

Emiliano Sala e o piloto David Ibbotson perderam a vida depois de o avião onde seguiam se ter despenhado no Canal da Mancha em janeiro de 2019. O corpo de Sala foi recuperado duas semanas depois, enquanto os restos mortais de David Ibbotson nunca foram encontrados.

O jogador de futebol encontrava-se a viajar entre Cardiff (País de Gales) e Nantes (França), uma vez que estava envolvido numa transferência para o clube do País de Gales. O avançado argentino, que alinhava pelo Nantes, iria assinar pelo Cardiff City, que na altura disputava a Premier League, acabando por delegar a função de pilotar a aeronave a um amigo, David Ibbotson.

De acordo com o tribunal, Ibbotson não possuía licença de piloto comercial e a licença para pilotar o avião em causa havia já expirado.

Henderson deverá conhecer a sentença a 12 de novembro.

Emiliano Sala Cardiff David Ibbotson desporto futebol morte julgamento David Henderson
Ver comentários