Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
6

Pais acusados de matar filha diabética tirando-lhe a medicação para que fosse curada por Deus

Casal acreditava que a filha estava infetada por "vermes" e que Deus tinha prometido uma "cura".
Correio da Manhã 18 de Janeiro de 2022 às 15:08
Pais acusados de matar filha diabética tirando-lhe a medicação para que fosse curada por Deus
Pais acusados de matar filha diabética tirando-lhe a medicação para que fosse curada por Deus FOTO: GoFundMe
Os pais de uma menina diabética de oito anos estão a ser acusados do homicídio da filha depois de alegadamente lhe terem retirado a medicação de insulina com o objetivo de que a doença fosse curada por Deus.

O corpo de Elisabeth Rose Sruhs foi encontrado no dia 11 de janeiro na casa de família - que também funcionava como uma igreja - em Queensland, na Austrália.

A polícia acredita que a criança tenha parado de receber o tratamento para os diabertes desde o dia 2 de janeiro, avança o The Sun.

Os pais Jason Struhs, de 50 anos, e Kerrie, de 46 anos, foram acusados ??de homicídio e tortura.  

O casal dirigia uma igreja em casa na cidade de Toowoomba e acredita que Deus tem o poder de curar as doenças em vez dos remédios e das vacinas. O casal acreditava que a filha estava infetada com "vermes" e que Deus tinha prometido uma "cura".

A irmã mais velha de Elizabeth, Jayde, está agora a tentar ficar com a guarda dos outros cinco irmãos, menores de 18 anos. "Nenhuma outra família deveria ter de ouvir ou experienciar aquilo que tivemos de suportar na semana passada", escreveu ela no site GoFundMe.


Deus saúde crime crime lei e justiça diabetes doença homicídio Austrália
Ver comentários