Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
6

Paquistão acusa Índia de "exercer terror" contra muçulmanos

Primeiro-ministro paquistanês defende que "a mais difundida forma de islamofobia prevalece agora na Índia".
Lusa 25 de Setembro de 2021 às 07:37
Imran Khan
Imran Khan FOTO: Getty Images
O primeiro-ministro paquistanês, Imran Khan, acusou na sexta-feira a Índia nas Nações Unidas de "exercer terror" contra os muçulmanos, provocando uma forte reação da delegação indiana.

No seu discurso na Assembleia Geral anual da ONU, Imran Khan acusou o primeiro-ministro indiano, Narendra Modi, de querer "purgar a Índia dos seus muçulmanos".

"A pior e mais difundida forma de islamofobia prevalece agora na Índia" e diz respeito aos 200 milhões de muçulmanos que vivem no país, acusou Imran Khan no seu discurso virtual.

Nações Unidas Índia Paquistão Imran Khan economia negócios e finanças economia (geral)
Ver comentários