Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
7

Partido de Merkel sofre derrota pesada nas eleições regionais

CDU regista resultado dececionante em duas eleições Regionais, comprometendo as aspirações de Armin Laschet em liderar conservadores nas Legislativas de setembro.
Ricardo Ramos 15 de Março de 2021 às 08:38
CDU regista resultado dececionante em duas eleições Regionais, comprometendo as aspirações de Armin Laschet em liderar conservadores nas Legislativas de setembro.
CDU regista resultado dececionante em duas eleições Regionais, comprometendo as aspirações de Armin Laschet em liderar conservadores nas Legislativas de setembro. FOTO: Federico Gambarini/EPA
A União Democrata Cristã (CDU) sofreu ontem uma pesada derrota nas eleições Regionais de Baden-Württemberg e da Renânia-Palatinado, comprometendo as aspirações do sucessor de Angela Merkel à frente do partido, Armin Laschet, de liderar os conservadores nas Legislativas de setembro.

De acordo com as projeções, os Verdes repetiram a vitória de há cinco anos em Baden-Württemberg com 31,5%, enquanto a CDU não foi além dos 23%, menos quatro pontos que em 2016. Já na vizinha Renânia-Palatinado, o partido de Merkel e Laschet, que em fevereiro liderava as intenções de voto, obteve apenas 25,5%, ficando atrás do SPD, que foi o partido mais votado com 33,5%. A confirmarem-se estes números, ambos os estados serão governados por coligações ‘semáforo’, que juntam os Verdes, os sociais-democratas do SPD e os Liberais, relegando o maior partido alemão para a oposição.

A nível nacional, a CDU continua a liderar as intenções de voto, mas o descontentamento com as medidas de combate à pandemia e o escândalo que levou à demissão de vários deputados acusados de lucrar com contratos para o fornecimento de máscaras fizeram mossa na popularidade do partido e deixaram o recém-eleito Laschet numa posição delicada e à mercê dos ataques de Markus Soeder, líder do partido bávaro CSU, aliado da CDU, que não esconde a ambição de ser o candidato conservador em setembro.
Ver comentários