Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
5

Passageiro agride assistente de bordo nos Estados Unidos

Brian Hsu foi acusado pelo departamento de justiça por agressão e enfrenta até 20 anos de prisão.
Correio da Manhã 2 de Novembro de 2021 às 00:07
Avião da companhia aérea American Airlines
Avião da companhia aérea American Airlines FOTO: Getty Images
Um passageiro da American Airlines enfrenta até 20 anos de prisão por ter esmurrado uma assistente de bordo no rosto. Brian Hsu, de 20 anos, foi acusado pelo departamento de justiça por agressão e interferência à tripulação.

Uma fonte próxima da investigação revelou à ABC News que o ataque aconteceu sem qualquer provocação. Segundo o relato, o jovem viajava em primeira classe quando a assistente de bordo chocou contra ele, tendo pedido desculpa pelo ocorrido. Mais tarde, o homem agrediu-a por duas vezes e voltou para o lugar como se nada tivesse acontecido. 

O voo 976 partiu do Aeroporto Internacional John F. Kennedy, em Nova Iorque, para o Aeroporto John Wayne, na Califórnia, quando foi desviado para o Aeroporto Internacional de Denver. O passageiro foi retirado do avião e o voo prosseguiu para a Califórnia. Brian Hsu está impedido de voltar a viajar na American Airlines. 

As equipas de tripulação da companhia aérea têm reportado vários incidentes nos quais passageiros embriagados os insultam, agridem ou atiram lixo. A Administração Federal de Aviação (FAA, na silga em ingês), tem uma política de tolerância zero neste tipo de casos, com multas que podem chegar aos 52.500 dólares ou até 20 anos de prisão. A FAA avança que recebeu perto de 5000 casos de passageiros indisciplinados desde o início do ano. 

American Airlines Brian Hsu FAA crime lei e justiça questões sociais política crime agressão
Ver comentários