Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
4

Podemos lidera intenções de voto

Partido de Pablo Iglesias seria o mais votado em Espanha se as eleições se realizassem hoje.
Isabel Faria 3 de Novembro de 2014 às 06:00
Ascensão de Pablo Iglesias quebra bipartidarismo do PP e do PSOE que tem dominado em Espanha
Ascensão de Pablo Iglesias quebra bipartidarismo do PP e do PSOE que tem dominado em Espanha FOTO: EPA

Um verdadeiro terramoto político assolaria Espanha se as legislativas se realizassem hoje. Segundo uma sondagem publicada no jornal ‘El País’ o Podemos surge pela primeira vez como o primeiro partido em Espanha, à frente do Partido Popular (PP) do primeiro-ministro Mariano Rajoy, e dos socialistas do PSOE.

O inquérito da Metroscopia revela que o partido de Pablo Iglesias, criado há somente oito meses, conquistaria 27,7% dos votos, o PSOE de Pedro Sánchez 26,2% e o PP 20,7%. À IU/ICV caberiam 3,8% e à UPyD 3,4%; 18% votariam em outras formações políticas.

Depois de nas legislativas de 2011 o PP ter obtido 44,6% dos votos e o PSOE, então liderado por Perez Rubalcaba, 28,7%, os dois maiores partidos espanhóis são agora castigados por anos de poder e escândalos de corrupção. Além de destronar o bipartidarismo tradicional, a liderança do novo partido de esquerda reflete também o afastamento do eleitorado do PP, cuja abstenção ficaria nos 20%.

Prudente face ao resultado, o Podemos admite que "desde as eleições europeias há a intenção clara" de ganhar o parlamento. Iglesias é o único líder partidário com nota positiva. O pior é o atual primeiro-ministro, Mariano Rajoy, com 63 pontos negativos, seguido da vice-presidente Soraia de Santamaría com 45 pontos negativos. O rei Filipe VI ultrapassa os políticos, com 52 pontos positivos.

Espanha Partido Popular Mariano Rajoy Pablo Iglesias PP PSOE política Podemos voto
Ver comentários