Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
3

Português agredido em Espanha por quase atropelar casal e bebé numa passadeira. Veja as imagens

Condutor da viatura ficou com ferimentos graves e teve de ser transportado para o Hospital Universitário de Valência.
Correio da Manhã 23 de Junho de 2021 às 10:48
Agressão
Agressão FOTO: Direitos Reservados
Um português foi violentamente agredido, em Picassent, Espanha, depois de quase ter atropelado um casal que atravessava uma passadeira com o carrinho de bebé. Nas imagens, divulgadas pela Guardia Civil, é possível ver o carro a ir a rápida velocidade e o casal só teve tempo de recuar uns passos atrás para evitar o pior.



De seguida, o alegado pai da criança pontapeia o carro e quando o condutor do carro sai para pedir desculpa, o homem agride-o com um soco que fez com que este caísse de forma violenta com a cabeça, "deixando-o inconsciente na via pública", segundo a Guardia Civil.

Depois do momento da agressão, vários populares aproximaram-se e chamaram a polícia local, mas o agressor não perdeu tempo e fugiu, sem esperar que as autoridades chegassem, avança a Guardia Civil. 

O condutor da viatura ficou com ferimentos graves e teve de ser transportado para o Hospital Universitário de Valência. Depois de ter saído do hospital, o homem apresentou queixa pelos ferimentos e pelos danos feitos ao automóvel.

Devido à sua profissão, o homem garantiu ao jornal Marca que tem uma longa experiência como condutor, afirmando que a sua experiência ao volante contribui para não os atropelar. O homem garantiu que não os viu e que se desviou para a esquerda, tendo saído do carro para pedir desculpa.

O agressor, de 32 anos, foi detido pelos crimes de lesão corporal e danos a veículo. 

O caso seguiu para tribunal.
Espanha Guardia Civil Picassent crime lei e justiça polícia
Ver comentários