Na sexta-feira, vários países, incluindo o Canadá, anunciaram restrições de viagem para os países do sul da África, onde a variante apareceu pela primeira vez.

De acordo com a Organização Mundial da Saúde, a variante foi detetada na África do Sul a 24 de novembro, com o primeiro caso confirmado a aparecer numa amostra de 9 de novembro.