Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
4

Professora acusada de tirar virgindade a aluno de 16 anos de intercâmbio com marido no quarto ao lado

Marido confrontou estudante que lhe contou encontros sexuais. Pediu que este guardasse segredo se todos, menos dele.
10 de Abril de 2021 às 08:29
Kimberly Wellman-Rich
Kimberly Wellman-Rich FOTO: Direitos Reservados
Uma professora auxiliar está a ser acusada de ter tirado a virgindade, e mantido relações sexuais, a aluno de 16 anos de intercâmbio que estava hospedado em sua casa. 

O caso ficou conhecido a 22 de janeiro, quando uma denúncia anónima chegou à polícia a informar que Kimberly Wellman-Rich estava a hospedar um jovem estudante de intercâmbio em sua casa, em Youngsville, e mantinha relações sexuais com o mesmo. A mulher, de 36 anos foi demitida após ter sido detida a 11 de fevereiro. Esta segunda-feira foi alvo de acusações adicionais tendo sido revelados mais pormenores do caso. 

A mulher foi acusada de comportamento impróprio e violação estatutária, o que significa que as relações sexuais foram consentidas, porém, um dos intervenientes é menor de idade.

Além de manter relações sexuais com o menor na própria casa, com o marido no quarto ao lado, a mulher também levou o jovem a Nova Orleães, no Louisiana, EUA, para um quarto de hotel. 

Jeffrey Rich, marido da professora auxiliar, confrontou o jovem que lhe contou tudo. Segundo o menor, Jeffrey terá ficado "irritado" mas pediu-lhe para manter os encontros sexuais em segredo para todos, excepto para ele. Foi acusado de cumplicidade.
Jeffrey Rich política crime lei e justiça
Ver comentários