Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
2

Rio de Janeiro alarga exigência do certificado de vacinação contra a Covid-19

'Passaporte de vacinação' será exigido de maiores de 12 anos em bares, restaurantes, cafés, táxis, hotéis, salões de beleza, entre outros.
Lusa 2 de Dezembro de 2021 às 14:36
Rio de Janeiro
Rio de Janeiro FOTO: Getty Images
A cidade brasileira do Rio de Janeiro estendeu hoje a exigência do certificado de vacinação contra a covid-19 a mais serviços, como bares, restaurantes, centros comerciais, cabeleireiros e táxis, devido a receios com a nova variante, Ómicron.

A medida foi publicada no Diário Oficial do município com efeitos imediatos e estende para mais atividades a exigência, que até agora estava em vigor para estádios, ginásios, piscinas, centros de treinamento, clubes, museus, exposições, aquários, parques de diversão, congressos e feiras.

Assim, o chamado 'passaporte de vacinação' será exigido de maiores de 12 anos também em bares, restaurantes, cafés, táxis, transportes por aplicação de telemóvel, hotéis, pousadas, locais de aluguer sazonal, salões de beleza e centros comerciais.

Covid-19 Rio de Janeiro Ómicron política
Ver comentários