Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
9

Risco elevado de propagação do vírus nas zonas da Europa afetadas pelas cheias, avança relatório

Cheias ocorreram sobretudo na Bélgica, Alemanha, Luxemburgo e Países Baixos.
Lusa 29 de Julho de 2021 às 14:33
Cheias na Bélgica
Cheias na Bélgica FOTO: Reuters
O Centro Europeu de Prevenção e Controlo das Doenças (ECDC) estimou esta quinta-feira um risco "elevado" para aumento da propagação do SARS-CoV-2, que provoca a covid-19, nas zonas da Europa afetadas por cheias, como Bélgica, Alemanha, Luxemburgo e Países Baixos.

Num relatório de avaliação de riscos esta quinta-feira divulgado, sobre as "inundações catastróficas" de meados de julho na Europa central, que provocaram a morte de cerca de 200 pessoas, o ECDC analisa as "doenças infecciosas mais comuns e os riscos de saúde associados às áreas afetadas pelas cheias".

No que toca à Covid-19, "e considerando a prevalência crescente da variante de preocupação Delta e o facto de proporções substanciais da população não estarem vacinadas, a probabilidade de aumentar a circulação do SARS-CoV-2 nas áreas afetadas pelas cheias é elevada", estima a agência europeia no documento.

Ver comentários