Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
4

Rússia diz que críticas do Ocidente à detenção de Navalny visam desviar atenção dos seus problemas

Serviços prisionais russos detiveram, no domingo, o opositor russo à chegada a Moscovo, acusando-o de ter violado os termos de uma pena de prisão suspensa.
Lusa 18 de Janeiro de 2021 às 11:14
 Alexei Navalny, líder da oposição na Rússia
Alexei Navalny, líder da oposição na Rússia FOTO: EPA
A Rússia disse esta segunda-feira que as críticas do Ocidente à detenção do líder da oposição russa, Alexei Navalny, "visam desviar a atenção" dos seus próprios problemas internos e da "crise do modelo liberal".

Os serviços prisionais russos (FSIN) detiveram, no domingo, o opositor russo Alexei Navalny à chegada a Moscovo, acusando-o de ter violado os termos de uma pena de prisão suspensa a que foi condenado em 2014 e que foi declarada ilegal pelo Tribunal Europeu dos Direitos Humanos.

Num comunicado, o FSIN informou que Navalny, que regressava à Rússia após vários meses em convalescença na Alemanha devido a um alegado envenenamento com um agente neurotóxico, "permanecerá detido até decisão do tribunal" sobre o seu caso.

Rússia Alexei Navalny Ocidente FSIN crime lei e justiça
Ver comentários