Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
4

Salvini questiona se por trás de ONG como Open Arms estão interesses económicos

Ex-ministro do interior é acusado de sequestrar 147 migrantes que foram impedidos durante 19 dias de chegar a um porto italiano depois de resgatados no Mediterrâneo.
Lusa 23 de Outubro de 2021 às 14:47
Ex-vice primeiro-ministro italiano Matteo Salvini
Ex-vice primeiro-ministro italiano Matteo Salvini FOTO: Lusa
O ex-ministro do Interior italiano Matteo Salvini questionou este sábado se as organizações não-governamentais (ONG) como a espanhola Open Arms, que salvam vidas de migrantes mo Mar Mediterrâneo, se movem por interesses económicos e não humanitários.

O também presidente de A Liga, partido da extrema-direita de Itália que integra a atual coligação governamental de Mario Draghi, falava aos jornalistas ao sair de um tribunal de Palermo (Sicília) após a primeira audiência de um julgamento em que é acusado de sequestrar 147 migrantes que foram impedidos durante 19 dias de chegar a um porto italiano depois de resgatados no Mediterrâneo por um navio espanhol da ONG Open Arms.

"Existem várias investigações sobre o dinheiro que as ONG ganham com esses tráficos. Não gostaria que, além das questões humanitárias, houvesse interesses económicos nesse tráfico de seres humanos", disse Salvini ao sair do "bunker" da prisão de Pagliarelli, onde decorreu a primeira audiência.

ONG Matteo Salvini Mar Mediterrâneo política partidos e movimentos migrações
Ver comentários