Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
4

Merkel critica Portugal por ter aberto a porta aos ingleses: "Situação podia ser evitada"

Chanceler alemã repreende os estados-membros por falta de uniformidade em termos de restrições a viagens e aponta o dedo aos portugueses.
22 de Junho de 2021 às 17:12
Merkel
Angela Merkel
Angela Merkel
Merkel
Angela Merkel
Angela Merkel
Merkel
Angela Merkel
Angela Merkel
A Chanceler alemã, Angela Merkel, criticou esta quarta-feira Portugal por ter aberto a porta aos ingleses e com isso ter permitido a entrada da variante Delta no País. 

Para Merkel, a situação epidemiológica que se vive hoje no nosso País "podia ter sido evitada" com a restrição à entrada de turistas britânicos em Portugal uma vez que a variante do vírus Delta, altamente infecciosa, circula ativamente no Reino Unido.

"O que lamento é que ainda não tenhamos conseguido um comportamento uniforme entre os estados-membros em termos de restrições a viagens. Isto é um tiro pela culatra", defendeu numa conferência de imprensa conjunta em Berlim com a presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen.

"Temos uma situação em Portugal que talvez pudesse ter sido evitada e é por isso que temos que trabalhar ainda mais intensamente nisto", acrescentou. "Fizemos um progresso muito bom nos últimos meses, mas ainda não estamos onde gostaria que a União Europeia estivesse", assumiu Merkel.
Ver comentários