Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
1

Soldado ucraniano mata cinco colegas a tiro em fábrica militar

Homem de 20 anos já foi detido.
Correio da Manhã 27 de Janeiro de 2022 às 08:30
Soldado ucraniano.
Soldado ucraniano. FOTO: Stringer/EPA
Um soldado ucraniano matou cinco colegas a tiro numa fábrica militar em Dnipro, na Ucrânia. O incidente, segundo a agência Al Jazeera, aconteceu por volta das 3h40 locais na fábrica de mísseis de Pivdenmash, numa altura em que os guardas que iriam começar o turno estavam a receber as armas.

O homem, que tem cerca de 20 anos, abriu fogo com uma metralhadora Kalashnikov, abandonando de seguida o local. Cinco outros soldados ficaram feridos pelos disparos.

O ministro Denys Monastyrsky confirmou a detenção do soldado, que esteve em fuga, na sua página de Facebook. "Artem Ryabtchouk acaba de ser preso por polícias na região de Dnipropetrovsk", escreveu. 

De acordo com o Ministério do Interior, os motivos do crime "ainda não são conhecidos".
Dnipro Ucrânia Pivdenmash Al Jazeera crime lei e justiça política defesa armas de fogo
Ver comentários