Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
7

SPD vai negociar uma coligação com os Verdes e Liberais alemães

Sociais-democratas da Alemanha, que venceram as eleições de 26 de Setembro sem maioria absoluta, tentam agora garantir o poder no próximo governo.
Correio da Manhã 6 de Outubro de 2021 às 14:59
Olaf Scholz, líder dos sociais-democratas alemães e candidato a chanceler nas eleições da Alemanha, durante um evento do partido em Potsdam
Olaf Scholz, líder dos sociais-democratas alemães e candidato a chanceler nas eleições da Alemanha, durante um evento do partido em Potsdam FOTO: REUTERS/Hannibal Hanschke

Depois de uma eleição nacional inconclusiva, sem maiorias absolutas, os sociais-democratas de centro-esquerda (SPD) deram um passo em frente, esta quarta-feira, para chefiar o próximo governo da Alemanha. Estão agora abertas as negociações entre o SPD, os Liberais do FDP e os Verdes, avançou a agência de notícias Reuters.

Em jogo está o futuro político da Alemanha após 16 anos com a chanceler Angela Merkel no comando. As eleições de 26 de setembro deram a vitória ao SPD e relegaram os conservadores de Merkel para o segundo lugar.

No caso da Alemanha, ao contrário do que acontece noutros países europeus onde o presidente ou monarca convida um líder partidário a tentar formar governo, são os próprios partidos que decidem sobre as coligações partidárias.

O líder do FDP, Christian Lindner, disse que os Verdes propuseram a realização de conversações iniciais com o SPD esta quinta-feira. "Em coordenação com os Verdes, propus ao Sr. Scholz, líder do SPD, que nos encontrássemos amanhã para uma reunião trilateral, e isso acontecerá", disse Lindner, citado pela agência Reuters.

Apesar de estar disposto a negociar, o co-líder dos Verdes, Robert Habeck, disse que o partido ainda tinha diferenças consideráveis tanto com o FDP quanto com o SPD. "Muitas coisas ainda não foram discutidas", confessa Habeck.

Caso as negociações sejam frutíferas, será a primeira vez que a Alemanha tem uma coligação tripartida desde 1950.

A coligação SPD / Verdes / FDP - conhecida como coligação "semáforo" por causa das cores dos partidos - já governa no estado de Renânia-Palatinado, mas a nível federal seria uma estreia no país.

Merkel, no poder desde 2005, vai deixar o cargo assim que um novo governo for formado.

Ver comentários