Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
1

Supremo Tribunal do Brasil decreta prisão e pede extradição de aliado de Bolsonaro que fugiu para os EUA

Allan dos Santos fugiu para os Estados Unidos em julho.
Domingos Grilo Serrinha e correspondente no Brasil 21 de Outubro de 2021 às 21:29
Allan dos Santos
Allan dos Santos FOTO: REUTERS/Adriano Machado

O juiz do Supremo Tribunal Federal (STF) brasileiro, Alexandre de Moraes, decretou esta quinta-feira a prisão preventiva de um dos aliados mais próximos de Jair Bolsonaro, Allan dos Santos, que comanda um blog ultra-radical de direita em apoio ao presidente.

Allan dos Santos fugiu para os Estados Unidos há meses atrás. Moraes pediu à justiça norte-americana, além da prisão, a extradição do autor do blog para o Brasil.

Para impedir que o aliado de Bolsonaro também fuja dos EUA e tente encontrar refúgio num país vizinho, o juiz do Supremo Tribunal Federal brasileiro pediu à Interpol a inclusão do nome dele na chamada Difusão Vermelha de pessoas procuradas pela justiça. Dessa forma, Allan dos Santos poderá ser preso em qualquer país onde seja detetado.

Allan é investigado em dois processos que tramitam no STF por divulgação massiva de notícias falsas com discurso de ódio e participação em actos anti-democráticos, além de ameaças à integridade e vida de magistrados. Alvo de várias operações da Polícia Federal no Brasil decretadas pelo tribunal, Allan dos Santos fugiu em Julho para os Estados Unidos, onde continuou os ataques contra o Supremo Tribunal e a Democracia.

O aliado de Bolsonaro já teve as suas contas suspensas no Facebook, instagram e Youtube no Brasil por publicar conteúdo inadequado. Mas nos EUA conseguiu criar novas contas e reativar o seu Blog, retomando os conteúdos extremistas.

Ver comentários