Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
9

Taxista morre de ataque cardíaco durante orgia que fazia mensalmente

Grupo de amigos realizava festa sexual com várias mulheres. Homem tomou viagra e aplicou creme nos genitais.
Correio da Manhã 10 de Novembro de 2020 às 15:47
Sexo
Sexo FOTO: Getty Images
Khun Thep, um taxista de 44 anos, morreu vítima de um ataque cardíaco após ter tomado viagra e usado um creme - aplicado nos genitais para manter ereção por mais tempo - numa orgia que realizava mensalmente com amigos em Samut Prakan, na Tailândia. O grupo tinha sexo à vez com várias mulheres em seis quartos diferentes. 

Os amigos do taxista revelaram que este foi para o quarto de hotel com uma das mulheres presentes na festa de cariz sexual - que aconteceu no passado domingo, dia 8, - e saiu de lá cerca de uma hora depois visivelmente cansado o que, segundo os amigos, não era comum.

O homem estava nu da cintura para baixo e dormiu no sofá enquanto o resto do grupo continuou a festa. A certa altura, os amigos deram conta que Khun não se mexia e estava a espumar da boca. Tentaram abaná-lo para que acordasse mas sem sucesso.

Um dos amigos, chocado, afirma que o grupo fazia aquele tipo de festas todos os meses e pensou que o amigo estivesse apenas cansado. Quando se aperceberam que Khun não se mexia chamaram as autoridades que declararam o óbito no local.

A polícia não encontrou sinais de crime e concluiu que o taxista sofreu um ataque cardíaco causado por praticar sexo vigoroso e consumo de álcool, viagra e creme destinado a manter a ereção por mais tempo. 

 

Samut Prakan Khun Thep Tailândia viagra sexo orgia
Ver comentários