Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
3

Terrorista de Estocolmo foi apanhado graças a testemunha que o seguiu

Herói anónimo seguiu o suspeito de carro
José Carlos Marques 8 de Abril de 2017 às 13:59
Divulgação da imagem de videovigilância foi fundamental para a detenção do terrorista
O momento da detenção do terrorista de Estocolmo
Divulgação da imagem de videovigilância foi fundamental para a detenção do terrorista
O momento da detenção do terrorista de Estocolmo
Divulgação da imagem de videovigilância foi fundamental para a detenção do terrorista
O momento da detenção do terrorista de Estocolmo

O principal suspeito de ter cometido o atentado com um camião em Estocolmo foi detido apenas seis horas depois do ataque, graças a duas testemunhas fulcrais.

A polícia detetou o suspeito em imagens de videovigilância da estação de comboio para onde o homem se dirigiu após o ataque. As imagens foram rapidamente divulgadas e uma mulher que seguia num comboio reconheceu  suspeito.

Quando viu o homem, muito nervoso e com as roupas rasgadas a sair do comboio, alertou de imediato um guarda da estação onde o suspeito saiu. Este alertou de imediato a polícia, mas o terrorista pôs-se em fuga e escapou a pé.

Algum tempo depois, o suspeito voltou a ser reconhecido por um homem que o viu junto a uma bomba de gasolina em Märsta. A testemunha – cujo único pormenor de identificação revelado foi tratar-se de um homem de 39 anos – seguiu o suspeito de carro e avisou as autoridades pelo telefone.

O jornal Aftonbladet conta que o suspeito tentou resistir à ordem de prisão e foi imobilizado pelos agentes, que lutaram com ele. O homem de nacionalidade Uzbeque terá confessado o crime, falando numa mistura de palavras em sueco e russo.

No momento da detenção, o homem tinha a roupa cheia de pedaços de vidro e ainda tinha consigo o passa-montanhas que pôs na cara no momento do ataque.

Estocolmo Märsta terrorista detido seguido testemunha herói polícia suspeito
Ver comentários