Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
1

Três mortos e um ferido grave em tiroteio na Holanda perto de escola primária. Suspeito é polícia

Suspeito é um polícia que terá disparado sobre três membros da família. Dois deles, os filhos, morreram.
Correio da Manhã 9 de Setembro de 2019 às 18:59
Tiroteio na Holanda
Tiroteio na Holanda
Tiroteio na Holanda
Tiroteio na Holanda
Tiroteio na Holanda
Tiroteio na Holanda
Um "violento" tiroteio em Dordrecht, na Holanda, perto de escola primária provocou três mortos e um ferido grave. De acordo com a imprensa local, o incidente teve lugar numa habitação de um polícia.

O jornal holandês de Telegraaf afirma que o suspeito é um polícia que terá tentado tirar a vida aos filhos e à mulher. Os filhos, de oito e 12 anos, morreram e a mulher de 28 ano ficou gravemente ferida. O polícia de 34 anos suicidou-se de seguida.
 
As autoridades holandesas confirmaram que existem "várias vítimas baleadas". 

O alerta foi dado às 18h30 locais, cerca das 17h30 em Lisboa, após a população ter ouvido vários tiros. 

Pelo menos quatro ambulâncias e uma equipa médica estão no local para prestar assistência. 

Há ainda um forte aparato policial, vários bombeiros e dois helicópteros de socorro no local.

O bairro está parcialmente fechado de acordo com o jornal De Telegraaf. 
O presidênte da câmara Wouter Kolff fala de um "tiroteio muito violento". 

"Estou muito emocionado e simpatizo enormemente com todos os envolvidos", afirma dizendo que mais tarde se deslocará ao local.


Holanda Dordrecht política questões sociais crime lei e justiça política interna polícia
Ver comentários