Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
3

Tribunal grego condena refugiado sírio a 52 anos de cadeia por entrar ilegalmente no país

Condenação está a gerar polémica entre ativistas que defendem que KS vai ser preso "por nada".
Correio da Manhã 29 de Abril de 2021 às 10:19
Justiça
Justiça FOTO: Direitos Reservados
Um refugiado sírio foi condenado a 52 anos de cadeia por ter entrado "ilegalmente" na Grécia juntamente com a sua família, em março 2020, numa altura em que o país estava a reprimir a migração ilegal vinda da Turquia. 

Identificado apenas pelas iniciais KS no tribunal, o refugiado entrou no país através da Turquia e foi condenado num tribunal de Mytiline, na ilha grega de Lesbos, na passada sexta-feira. 

A condenação está a gerar revolta entre ativistas. "Ele vai ficar na cadeia por nada, apenas por ter fugido da Turquia e da Síria", defendem. 

KS tem três filhos pequenos e procurou refúgio na Grécia para poder colocar os filhos em segurança.
 
Turquia Grécia KS política refugiados migrações
Ver comentários