Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
6

"Tudo bandido": Vice-presidente brasileiro sobre mortos durante operação policial no Rio de Janeiro

25 pessoas, incluindo um agente da polícia, morreram durante uma ação das forças de segurança na favela do Jacarezinho.
Lusa 7 de Maio de 2021 às 18:50
Durante várias horas, houve diversos confrontos com armas de guerra entre criminosos e a polícia
Durante várias horas, houve diversos confrontos com armas de guerra entre criminosos e a polícia FOTO: Mauro Pimentel / Getty Images
O vice-presidente do Brasil, Hamilton Mourão, disse hoje que 24 mortos numa operação da polícia na favela do Jacarezinho, na zona norte do Rio de Janeiro, na quinta-feira, eram "todos bandidos", sem justificar.

"Tudo bandido. Entra um polícia numa operação normal e leva um tiro na cabeça em cima de uma laje. Lamentavelmente essas quadrilhas do narcotráfico são verdadeiras narcoguerrilhas, têm controlo sobre determinadas áreas", disse o vice-presidente brasileiro.

Ao todo, 25 pessoas, incluindo um agente da polícia, morreram durante uma ação das forças de segurança do Rio de Janeiro, que causou grande repercussão e um protesto, hoje de manhã, devido ao elevado número de vítimas mortais e às circunstâncias envolvendo a ação da polícia na favela do Jacarezinho.

Rio de Janeiro Brasil Hamilton Mourão Jacarezinho crime lei e justiça polícia
Ver comentários