Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
1

União Europeia reconhece défice de 160 mil milhões de euros em investimento militar

"Tem sido um processo silencioso de desarmamento que tem atravessado todos os países", afirmou Borrell.
Lusa 17 de Maio de 2022 às 18:34
Josep Borrell
Josep Borrell
Os países da União Europeia (UE) acumularam em nove anos, desde 2009, um défice de 160 mil milhões de euros em investimento militar, informou esta terça-feira o Alto Representante da União Europeia para os Negócios Estrangeiros, Josep Borrell.

"Tem sido um processo silencioso de desarmamento que tem atravessado todos os países", afirmou Borrell numa conferência de imprensa, no fim do Conselho de Ministros da Defesa da União Europeia, durante o qual se abordou um relatório sobre as carências militares da UE e se alertou para a necessidade a curto prazo de repor o stock antes da "chamada de atenção" da guerra da Ucrânia.

Os ministros, que antes do conselho participaram numa reunião da Agência Europeia de Defesa (AED), avaliaram o relatório preparado por Borrell, juntamente com a AED e a Comissão Europeia, sobre as necessidades da indústria militar da Europa.

Ver comentários
}