Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo

Ursula Von der Leyen com expectativas altas para "passo em frente" nas relações com a Índia

Líder do executivo comunitário sublinhou que "ainda há muito potencial para avançar", nomeadamente no domínio do "comércio e no investimento".
Lusa 8 de Maio de 2021 às 10:39
Von der Leyen
Von der Leyen FOTO: Lusa
A presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen, disse este sábado que "as expectativas estão muito altas" para a Cimeira UE-Índia, na qual espera "dar um passo em frente" nas relações com este país.

"Ontem [sexta-feira] à noite tive o prazer de atualizar os líderes da situação de Covid-19 e hoje, é claro, o foco estará na cimeira UE-Índia, para a qual estamos muito ansiosos. É uma Cimeira muito bem preparada e as expectativas estão altas", começou por dizer Von der Leyen aos jornalistas em frente ao Palácio de Cristal, no Porto, onde irá decorrer a reunião.

A líder do executivo comunitário disse estar "certa" de que a União Europeia (UE) "conseguirá dar um passo em frente" numa relação já muito "estreita" com a Índia.

Mas, apontou, "ainda há muito potencial para avançar", nomeadamente no domínio do "comércio e no investimento".

"Estou ansiosa por recomeçar as negociações em torno de um acordo de comércio livre, negociações sobre um acordo de proteção de investimentos, e em indicações geográficas", precisou.

Von der Leyen sublinhou o facto de a Índia ser "muito poderosa na digitalização", manifestando-se "muito feliz" pelo acordo entre o país e a UE em relação a "grupos de trabalho de alto nível em relação à Inteligência Artificial [AI], mas também cooperação em relação a supercomputadores".

A título de exemplo, a líder do executivo comunitário apontou para "uma plataforma para simulação do clima, que é importante para o combate às alterações climáticas, mas também uma plataforma para seguir e sequenciar o vírus da Covid-19".

"Temos, portanto, muitos tópicos para debater hoje e estou ansiosa pela reunião", disse, por fim.

Os chefes de Estado e de Governo dos 27 Estados-membros da UE reunir-se-ão esta manhã em Conselho informal, no Palácio de Cristal, no Porto, um dia após a Cimeira Social, que decorreu no edifício da Alfândega da mesma cidade.

Pela tarde, pelas 13h00 (hora de Lisboa), está prevista ainda uma Cimeira UE-Índia, na qual os líderes europeus reunir-se-ão com o primeiro-ministro indiano, Narendra Modi, que marcará presença por via remota devido ao agravamento da situação pandémica no seu país.

Ver comentários