Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
8

Vacina da AstraZeneca contra Covid-19 é eficaz em pessoas com mais de 65 anos? Especialistas dividem-se

OMS defende vacina para pessoas com mais de 65, Europa fecha porta a essa hipótese.
Beatriz Madaleno de Assunção(beatrizassuncao@cmjornal.pt) 10 de Fevereiro de 2021 às 16:40
A carregar o vídeo ...
Vacina da AstraZeneca contra Covid-19 é eficaz em pessoas com mais de 65 anos? Especialistas dividem-se
Afinal, a vacina da AstraZeneca é ou não eficaz quando administrada em pessoas com mais de 65 anos? As opiniões dividem especialistas em todo o mundo e, consequentemente, causa a dúvida nos cidadãos.

OMS defende vacina para mais de 65
Numa conferência de imprensa, o Grupo Consultivo Estratégico de Peritos em Imunização da Organização Mundial de Saúde (OMS) defendeu esta quarta-feira que a vacina pode ser administrada em pessoas de 65 anos. Esta conclusão aconteceu após uma reunião de grupo para analisar a eficcácia da vacina.

O presidente do grupo Alejandro Cravioto, recomendou mesmo que a vacina fosse administrada a todos os grupos etários (com algumas exceções por falta de informação, como mulheres grávidas), independentemente das variantes que predominem nos países.

Paralelamente e pelo mundo fora, vários países, incluindo Portugal, recomendaram que a vacina não fosse administrada a pessoas com mais de 65 anos por haver dúvidas sobre a eficácia nesse grupo etário.

Europa fecha a porta à vacina da AstraZeneca para maiores de 65 anos
Portugal, Espanha, França, Alemanha, Polónia, Áustria, Suécia, Itália e Países Baixos (que juntos abrigam quase dois terços da população da União Europeia) posicionaram-se contra vacinar os idosos com a Astrazeneca devido à falta de dados que revelem a sua eficácia em pessoas desse grupo etário.

DGS diz que vacina da AstraZeneca deve ser dada a pessoas até aos 65 anos
A Direção-Geral da Saúde (DGS) a vançou esta terça-feira que, até novos dados estarem disponíveis, a vacina contra da Covid-19 da AstraZeneca deve ser preferencialmente utilizada para pessoas até aos 65 anos de idade.

Apesar das reticências, através de uma norma divulgada no seu 'site', a DGS acrescenta, no entanto, que "em nenhuma situação deve a vacinação de uma pessoa com 65 ou mais anos de idade ser atrasada" se só estiver disponível esta vacina.

Alemanha não confia na vacina para mais de 65
Na última semana de janeiro, um comitê consultivo de vacinas alemão recomendou que a vacina AstraZeneca fosse usada apenas em pessoas entre os 18 e os 64 anos, citando a falta de dados sobre a eficácia da vacina em pessoas com mais de 65 anos.

E a eficácia contra as novas estirpes Covid?
Vacina eficaz contra estirpe do Reino Unido
A vacina contra a covid-19 da Universidade de Oxford e da farmacêutica AstraZeneca é igualmente efetiva à nova variante britânica do coronavírus, segundo novas provas científicas divulgadas esta sexta-feira.

Cientistas da instituição britânica que criaram a substância apontam para um efeito semelhante quando se trata de lutar contra a variante ou quando enfrentam a estirpe original da covid-19, usada nos ensaios clínicos.

Ineficaz perante estirpe da África do Sul
A África do Sul avançou esta quarta-feira que ia vai solicitar à Organização Mundial da Saúde (OMS) orientações "claras" sobre a aplicação da vacina da AstraZeneca, depois de um estudo confirmar a sua ineficácia contra a variante 501V.2 detetada naquele país.

"Vamos discutir com a Organização Mundial da Saúde (OMS) a aplicação da AstraZeneca, que na opinião deles a AstraZeneca continua a ser uma boa vacina que deve ser aplicada em todo o mundo, e alguns cientistas são da opinião que pode ser usada na ausência de outra forma de proteção, e por isso queremos ter uma orientação clara da OMS", disse Zweli Mkhize.

Ver comentários