Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo

Drone dos EUA elimina elementos do Daesh que preparavam atentado no aeroporto de Cabul

Autoridades norte-americanas confirmaram à agência Reuters que o ataque militar foi levado a cabo pelos EUA e tinha como alvo militantes do ISIS-K.
Correio da Manhã 29 de Agosto de 2021 às 13:49
A carregar o vídeo ...
Rocket atinge zona residencial em Cabul perto do Aeroporto
Pelo menos três crianças morreram na sequência de um ataque com recurso a drone ao início da tarde deste domingo em Cabul, no Afeganistão. Os primeiros relatos davam conta de uma violenta explosão numa zona residencial perto do aeroporto da capital afegã, mas o ataque foi executado com recurso a um drone norte-americano.

As autoridades norte-americanas confirmaram à agência de notícias Reuters que o ataque militar em Cabul foi levado a cabo pelos EUA e tinha como alvo militantes do ISIS-K. Nas redes sociais circulam  imagens do veículo atingido pelo rocket norte-americano e onde seguiriam vários homens que estariam a preparar um novo atentado suicida.

A violenta explosão abala a capital do Afeganistão apenas três dias após um ataque suicida no aeroporto que matou quase 200 pessoas. Os EUA retaliaram o ataque reivindicado pelo ISIS-K e mataram dois organizadores do atentado suicida.

Na última quinta-feira, um ataque suicida nas imediações do aeroporto de Cabul resultou na morte de 170 pessoas e mais de 200 feridos. Entre os mortos estavam 13 militares dos Estados Unidos.

Os Estados Unidos voltaram a alertar, este sábado, para uma ameaça "precisa e credível" nos arredores do aeroporto de Cabul e pediram aos cidadãos norte-americanos para saírem da zona. 
"Devido a uma ameaça precisa e credível, todos os cidadãos norte-americanos que se encontrem nos arredores do aeroporto de Cabul (...) devem sair da zona rapidamente", anunciou a Embaixada dos EUA em Cabul.
Cabul Afeganistão distúrbios guerras e conflitos
Ver comentários