Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
6

Vomitado verde leva a diagnóstico de doença rara. Cirurgia de emergência salva vida a recém-nascida

Menina começou a vomitar substância verde poucos dias depois do nascimento.
Correio da Manhã 27 de Abril de 2021 às 09:30
Bebé
Bebé FOTO: Getty Images
Mary-Anne, uma menina recém-nascida, escapou à morte após ter sido diagnosticada com uma doença rara que a levou ao bloco operatório com apenas alguns dias de vida. 

A bebé começou a vomitar uma susbtância verde o que lançou o alerta à mãe, que já tinha quatro outros filhos. A mulher de 34 anos de Nottinghamshire, Reino Unido, levou a criança ao hospital onde lhe disseram que a menina poderia não sobreviver. 

A criança foi submetida a uma cirurgia de emergência após os médicos terem verificado que os seus intestinos estavam torcidos e bloqueados.
"Ela simplesmente não acordava para comer, ela mal comia. Ela não fez cocó depois do segundo dia de vida", conta a mãe afirmando ter começado a perceber que algo não estava bem.

A menina sofreu um nó no intestino, uma condição rara potencialmente fatal.

Sem a rapidez médica, Mary-Anne poderia não ter sobrevivivo. 

A mãe da crança procura consciencializar quem puder para a condição. 
especialidades médicas saúde
Ver comentários