Barra Cofina

Correio da Manhã

Opinião
Piloto morre em corrida de motos no Estoril

Carlos Rodrigues

Bilhete Postal

Eis um sintoma que os deputados não vão poder ignorar.

Carlos Rodrigues(carlosrodrigues@cmjornal.pt) 20 de Julho de 2021 às 00:31

Foi com espanto que o País viu os tumultos em Reguengos de Monsaraz, e a falta de resposta dos dois elementos da GNR no local.

Um olhar mais detalhado demonstra, porém, que os militares provavelmente reagiram bem. Com a falta de efetivos e a distância a que estavam os reforços, uma tentativa de intervenção musculada poderia ter acabado em tragédia.

A forma como uma enorme parte do território nacional permanece com débil presença policial é um falhanço para o Estado.

Quando uma zaragata pública com atropelamentos homicidas ocorre sem que a autoridade policial tenha meios para repor a ordem pública estamos, na prática, a ultrapassar uma fronteira muito perigosa para o Estado de direito.

Amanhã há debate no Parlamento sobre o Estado da Nação.

Eis um sintoma que os deputados não vão poder ignorar.

Postal País GNR Reguengos de Monsaraz política parlamento
Ver comentários