Barra Cofina

Correio da Manhã

Opinião
4
Piloto morre em corrida de motos no Estoril

Carlos Rodrigues

Bilhete Postal

Se o Orçamento do Estado chumba, claro que deve haver eleições.

Carlos Rodrigues(carlosrodrigues@cmjornal.pt) 26 de Outubro de 2021 às 00:33
É em situações de crise que se impõe o máximo de racionalidade.

Se o Orçamento do Estado chumba, claro que deve haver eleições. Qualquer plano B, seja de Costa, seja de Marcelo, quer meta uma reviravolta inesperada do PCP, quer, de forma mais surrealista, envolva uma qualquer geometria variável em redor, por exemplo, do PSD/Madeira, mais não fará do que prolongar a agonia provocada por esta crise política. Portanto, vamos a votos, que urge clarificar, e vamos a votos o mais depressa possível.

Mas atenção. Ir a votos é urgente, mas não de qualquer maneira. O chefe do Estado deve respeitar os timings dos partidos da oposição que estão em processo de mudança.

Marcelo deve dar tempo para que PSD e CDS resolvam a liderança em prazos razoáveis. Qualquer outra opção seria inaceitável do ponto de vista democrático.
Postal B Marcelo política eleições partidos e movimentos
Ver comentários