Barra Cofina

Correio da Manhã

Opinião
7
Piloto morre em corrida de motos no Estoril

Carlos Rodrigues

Bilhete Postal

Quem trava esta escalada de violência?

Carlos Rodrigues(carlosrodrigues@cmjornal.pt) 17 de Novembro de 2021 às 00:33
O que se passou ontem numa escola de Loures é sintoma de uma grave doença que não pode continuar a ser ignorada.

O cenário é suficientemente bizarro para que qualquer cidadão perceba que algo de muito errado se está a passar. Para começar, é preciso questionar os responsáveis da escola sobre a razão para terem autorizado a atuação musical de um grupo de jovens de cara tapada dentro do estabelecimento de ensino. Parece um cenário de guerrilha urbana.

Depois, é preciso explicar como é possível serem feitos disparos de armas de fogo do exterior da escola, em direção à multidão de alunos. Só por milagre não houve mortos na escola de Santo António dos Cavaleiros.

A violência nas periferias das grandes cidades está a ultrapassar as linhas vermelhas. Algo de muito grave está a germinar por baixo do nosso quotidiano. Quem trava esta escalada de violência?
Postal Loures questões sociais violência escola milagre tiros exterior
Ver comentários